Sem tempo pra viver….

Porque, antes, falar do Veterano,claro. E a plaquinha tem que ter glitter.

Já são quase 1 ano de namoro. Mês que vem, dia 04 de Junho, farão 1 ano de namoro.
Por um acaso, apenas por pura viadage, eu baixei o gadget Rainlander e, mexendo nele e adicionando algumas datas inúteis, aconteceu o seguinte:

São dois corações porque é muito amor

Todo dia 4, eu marco um coração de “passar dia com Veterano“, seja quantos meses lá a gente tá comemorando, mas dia 4, passar juntos.
Nosso aniversário de namoro cai dia 4 de Junho.
Aí, no Rainlader ficou DOIS corações. Sabe por que? Porque é o DOBRO de amor.

Acho que sou muito besta.

 

Bom, acho que por eu ser tão besta assim, tem acontecido uns estresses idiotas por minha parte:

  • Teve  um dia que o Veterano pediu minha ajuda no jogo de IDJ dele. Eu fiquei muito feliz de poder ajudá-lo em algo de IDJ, porque eu mesma não faço esta matéria (ainda). A ajuda era de algo de muita matemática, e eu mesma sou péssima em matemática (por isso o tanto de vezes fazendo cálculo /mentira,euamopordemaiscálculo1).Ok, cheguei numas fórmulas maluca e talz, nenhuma deu certo com o problema. Aí ele:
    Ah, amor, deixa isso pra lá, esquece. Eu pergunto pro meu amigo depois.
    Aí eu fiquei chateada… Algo como “não consegui ajudar, eu sou inútil” e ainda fiquei com ciúmes por ele perguntar pro amigo dele, não mais pra mim.
    É idiota isso, e pra caramba!
  •  

  • Os pais do Veterano foram no aniversário do meu pai e lá se conheceram, finalmente (assim esperamos parar com as teorias absurdas de casais idiotas fazem, e sobre “ah, cuidado, ele é homem, ele sai pras baladas e pega todas. Ah, cuidado, ela é mulher, ela só quer brincar contigo.“).
    Meus pais foram no aniversário do irmão do Veterano, e lá nossos pais conversaram bastante de novo.
    Aí surgiu algo que me incomodou bastante:
    Ah! Que bom que eles não ficam na mesma turma, nunca os vejo estudando!
    Quer dizer que namorados só namoram, se comem e pronto?

    Eu tenho muita sorte por ter um namorado que me ame e que, olha só, seja meu amigo, tanto na hora da zuera quanto na hora de ajudar (e ajudar em problemas pessoais e no estudo)! Em casa a gente descansa, na faculdade a gente fala com nossos amigos e estuda quando dá (até porque, nós só fazemos uma matéria juntos).
    E nessa matéria que fazemos juntos, a gente se ajuda por msn, ou ele vem aqui em casa e fazemos o trabalho (apesar que eu mesma não consigo estudar em casa, só na faculdade)…
    Sabe, eu me sinto muito confortável nesta relação. Eu sinto que ele também, agora nossos pais tem que ver isso também, porque, puxa…


Ultimamente, tenho me sentido bem cansada.

Durante Abril todo, não teve um dia sequer que eu pudesse acordar com tarde, fazer nada o dia inteiro ou me dedicar aos meus hobbys. Um dia que eu pudesse ficar no computador e dizer “Internet!” e ficar entediada nela.

 

Os Vocalovers tem crescendo e eu não tenho a menor ideia de quanto, de quem entrou, quem saiu, os aniversários do povo… Nem consegui tempo pra escutar os covers dos novatos; estou me sentindo uma péssima vice-líder do grupo. Bom, qualquer forma, nós iremos no Anime Friends.

O único problema é que já comprei as passagens, e estou torcendo pro Friends ser o primeiro final de semana de Julho. Se não for, putz…

 

O estágio tem me cansado toda terça, quinta e sexta. Não que o trabalho seja duro, pelo contrário: chega a ser estúpido o que pedem pra eu fazer.
Teve até um dia que os programadores estavam tendo problema com a linguagem Javascript, com o jquery TableSorter, talz, que, quando o gerente chamou toda a equipe (o que inclui eu, estagiária), os caras tavam decidindo ir em outro departamento, e não sei o que, pegar código de outros caras, e não sei o que… Aí eu pedi uma cópia da página, talz, fui pra minha máquina e, PAHTIPAH, pronto. Mas era tão… Sei lá, trivial… Como programadores concursados não resolvem aquilo (era uma ordenação de ordem crescente e descrecente de números. Só que os números eram nas casas dos trilhões, o que dava overflow, mas não era impossível de resolver, por favor…).

Talvez no estágio eu possa estar sendo explorada. Eu tenho facilidade por mexer em web, linguagens de interpretação mais por conta do Onigiri, que aprendo da pior maneira possível, talvez a errada, mas consigo fazer as paradas. SQL é a única coisa mesmo que tô apredendo a mexer no estágio, o que é uma boa.

Mas o que me cansa é acordar cedo…

 

A faculdade tem muitas provas seguidas… Abril mesmo, puta que pariu… E olha que só faço 16 créditos, então é o jeito mais de boa de fazer o semestre.

Acho que peguei matemática demais, isso não foi legal. Deve ser por isso que estou me cansando com as poucas matérias que peguei. Quer dizer, duas matérias de matemática não é muito, mas acho que meu cérebro de tapioca não aguenta isso (somado com acordar cedo todo dia).

Além disso, a matéria, de CIC mesmo, chamada “Linguagens de Programação”, eu peguei uma raiva tão grande, TÃO GRANDE, de uma linguagem funcional, o hugs que… Que, minha nossa… Santo Neumann, que fez que as linguagens normais (onde a gente sabe o que acontece em cada linha e temos um debugador decente) sejam as melhores nos computadores dele, assim não precisamos de Hugs.

O último trabalho de Hugs me fez não desejar abraços pelo resto do dia. Resto do dia. Nem do Veterano.