o que 2017 trouxe?
domingo 31 de dezembro de 2017 às 13:33 | Arquivado em: Desabafos, , Vida


Quem lê meus posts provavelmente pensa que meu mundo gira em torno de afeto e carência e atenção. É tudo verdade.
Outra verdade é que eu tenho o péssimo hábito de me expor exageradamente 😀 não só no blog, mas também no facebook, twitter, e fora da internet principalmente. O caso é, sempre que algo me acontece eu quero contar pra alguém, seja esse algo bom ou ruim, esse alguém um melhor amigo ou um desconhecido.
Então já que estamos esclarecidos, vou me expor sem culpa como sempre.
Do começo: desde meus 12 anos eu sempre estive envolvida com alguém, não digo amorosamente, mas aquele lance de gostar do menininho, trocar olhares e tal sabe?
Desde então eu passei por uns 4 namoros, 2 deles duraram 2 anos mais ou menos. E esse ano de 2017 foi o primeiro ano que passei solteira: carnaval, festas, bares, etc. Tudo pela primeira vez solteira e foi ótimo! Caralho como é bom essa liberdade!! bem aquariana sim
Eu fiz tantas coisas, conheci tantas pessoas diferentes, que me mudaram, me ajudaram, que me fizeram me conhecer melhor também.
E hoje eu assisti o episódio 4 da 4° temporada de black mirror e mano QUE EPISÓDIO FODAAAA. A história, o roteiro, a abordagem do assunto, tudo!


SPOILER

O episódio é sobre a trajetória de um casal: eles saem pela primeira vez um com o outro, usando o sistema que dita uma validade, mas a validade deles é curta, 12 horas. Eles se dão muito bem, mas têm que se separar quando acaba o tempo, e depois disso são selecionados pra outras pessoas, outro relacionamentos, e em cada um eles aprendem algo, amadurecem, se conhecem melhor e tal né. E óbvio, no fim eles se reencontram.

Esse é isso que vem acontecendo comigo, que eu tenho gostado tanto. Eu tô aprendendo a não me dobrar por qualquer um, ou qualquer coisa, a ser eu mesma e seguir minhas próprias vontades, sem a intenção de agradar alguém além de mim mesma. E é esse o meu aprendizado desse ano, mais valioso que qualquer fórmula aprendida ou tabela decorada. Ser eu mesma, e não quem querem que eu seja.



Posts Relacionados





Nenhum comentário em “o que 2017 trouxe?”